Café Clássico : Se Você Ainda Não Lê Clássicos, é Porque Não Encontrou o Seu.



Meu primeiro contato com esse texto de Calvino foi na faculdade, nunca antes me identifiquei tanto com um texto sobre clássicos como  este. Ouso dizer que para os amantes do gênero a leitura dessas reflexões deveria ser obrigatória, e para quem resiste aos clássicos, é altamente recomendável, pois certamente em algum momento você já deve ter se perguntando: Por que ler os Clássicos?...Ítalo Calvino te responde com maestria o porquê.








Há muito sabemos que no meio literário, os livros clássicos são comumente associados à intelectualidade e erudição, quer dizer, ler um clássico e o dizer que leu sempre traz um retorno positivo para esse leitor, bom...isso em tese, visto que uma crescente onda de leitores gostam de se usar o termo " pseudointelectuais " como forma de indicar um leitor de clássicos, sim... pessoas que se utilizam dos clássicos para parecerem mais inteligentes e interessantes existem, e isso é algo tão real quanto deprimente.

Ítalo Calvino em suas primeiras linhas no texto comenta o fato dos clássicos serem livros que normalmente as pessoas estão relendo e nunca  lendo, isso porquê admitir que nunca leu uma grande obra da literatura mundial pode parecer vergonhoso, o que é uma besteira.


Parafraseando sabiamente Calvino, ainda que você resolva ler toda a obra de Balzac, quantas outras obras ainda ficarão por ler? Quer dizer, nunca será o suficiente, para uma certa quantidade de livros que lemos, milhares de outros deixarão de ser, então não se cobre tanto,sobretudo no que se refere à literatura clássica, clássicos são livros para serem apreciados e não devorados...rsrs.


Meu primeiro contato com este gênero foi com Machado de Assis, um certo  livro chamado Helena, o li na adolescência, mas sei que apesar de se tornar um livro marcante em minha história, ainda assim, não pude absorver tudo o que a obra machadiana estava a me oferecer, a razão é a mais óbvia possível, por natureza a juventude parece requerer de nós pressa, e a falta de experiência por vezes não nos permite ter muita empatia com a narrativa, eu sou dessas que acredita que livro tem hora e lugar, e não estou dizendo de local específico, falo de momento.

Reler um livro da juventude seja ele clássico ou não, é um ótimo exercício de autoconhecimento , hoje você pode ser uma jovem de 27 anos com um trabalho , namorado e contas pra pagar, mas houve um tempo que você era só uma pré-adolescente, estudante. por volta de seus 12 ou 13 anos, com preocupação nenhuma na cabeça e um livro na mão, alguma dúvida de que a percepção da história será diferente?...por esse motivo que segui mais um conselho de Calvino e resolvi reler um clássico da juventude, comprei " Helena " em uma feira de livros e a expectativa de observar como minhas experiências pessoais influenciarão minha leitura é bem grande, assim que reler...volto aqui para contar pra vocês.


Calvino comenta algo tão interessante e profundo, que até hoje não conseguiria dizer um motivo melhor para convencer ( se é que isso deve ser feito ) alguém a ler um bom clássico, ele fala sobre encontrar o seu clássico. Isso faz todo o sentido, quando alguém se nega a ler um livro de mil oitocentos e lá vai bolinha, será que nunca se perguntou se talvez o problema seja: porquê ele ainda não encontrou o seu clássico perfeito? Como muito bem dito, o seu clássico será aquele livro que vai falar de você para você, ou seja, você verá muito de si mesmo na historia, e talvez uma outra pessoa que o leia não se identifique tanto com ela, mas quem sabe em uma outra obra.

Ler um clássico está longe de ser tarefa obrigatória em um mundo de intelectolóides, não é esse o objetivo, a ideia é apreciar, números nunca serão o suficiente, mas para aqueles que já se habituaram a ler, é válido reler o livro da sua juventude, aquele que te obrigaram a ler na escola e você só o fez porque tinha uma prova sobre ele, escolha um deles e traga para a mesa mais do que um livro e um café, vá com suas experiências também, para aqueles que não estão habituados, não se prive...talvez seu clássico esteja ali perto de você e só você não percebeu.
Quando resolvi escrever sobre isso, não tive qualquer intenção de te convencer a ler um clássico, mas apenas mostrar que se abrir para algo novo...ainda que seja velho...vale muito a pena.




Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Olha tenho que confessar que tive contato com clássicos da literatura através da escola, mas sempre que começava a ler os livros pedidos me dava sono e acabava deixando de lado e me arriscava indo fazer a prova sem ter lido o livro todo. Mas hoje como eu gosto mais de ler com frequência eu acho que até poderia ler, porque hoje estou mais madura pra isso. Quando eu tinha 13 14 anos eu não ligava muito e nem pra leitura pra vc ter uma ideia.

    Mas tipo, acabei ficando até traumatizada e acabei isolando literatura nacional por conta disso, mas depois que fiz o blog
    e conheci autores nacionais e seus livros eu acabei tirando esse preconceito de mim. Tenho interesse sim de ler alguns clássicos como O PRIMO BASILIO - DOM CASMURRO - A LUNETA MÁGICA - DOM QUIXOTE e muitos outros ai...Mas esses são os principais que me lembro de ter lido quando era mais nova. Espero poder ler também.

    Entendi sua ideia da postagem. Achei interessante.
    Mas eu acho que o gosto pela leitura de clássicos vai de cada um, embora seja sempre bom
    conhecer essas histórias para que a gente não fique no escuro, porque pelo menos você vai poder falar um dia para seus filhos ou para conhecidos...EU JÁ LI...gostei e não gostei da obra por causa disso e aquilo. Enfim...

    Parabéns pela postagem mesmo viu? Adorei
    Não conhecia o seu cantinho. É minha primeira vez aqui e espero poder passar mais vezes =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-navegue-lagrima_2.html

    ResponderExcluir
  2. Antes também tinha um "preconceito " ou resistência com os clássicos, mas quando dei oportunidade e li Dom casmurro percebi a besteira que eu tava fazendo . Clássicos são incríveis e merecem ser lidos sempre !

    Beijos !
    http://sushibaiano.blogspot.com.br/2015/05/resenha-cronicas-escritas-feito-um-pum.html

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...