Resenha: A Lista de Brett.

A List de Brett

                 Lori Nelson Spielman

Editora: Verus
Páginas: 264
Edição: 2014

Sinopse: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis.Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

Brett é uma mulher que passou dos trinta anos. Tem uma vida confortável, estável, e tranquila. Ela é a filha mais jovem de Elizabeth, uma mulher forte e determinada que construiu uma rede de industria de cosméticos. Brett e seus dois irmãos sempre acreditaram que ela herdaria as empresas de sua mãe, afinal ela trabalha lá, era a filha que não havia tomada um rumo profissional independente. Porém após a morte de sua mãe todos são surpreendidos com a notícia de que para receber sua parte na herança Brett terá que cumprir, no prazo de um ano, uma lista encontrada por sua mãe na lixeira de seu quarto quando Brett ainda era adolescente. A questão é que além de seus planos de vida terem mudado, muitos dos itens da lista resgatará situações de seu passado já enterradas, esquecidas e nas quais ela não tem interesse algum em ressuscitar. Trará descobertas que irão mudar para sempre sua história.

A premissa do livro é um prato cheio para os clichês, considerando que a lista a ser cumprida envolvia desde se apaixonar até ter um cavalo, acreditei que estaria lendo uma comédia bem água com açúcar. Confesso aqui uma grata e feliz surpresa ao constatar que apesar de uma ou outra previsibilidade,  "A Lista de Brett" é uma história sensível de superação e coragem, uma excelente trama sobre as dores e incômodos gerados pelas mudanças em nossas zonas de conforto e da alegria provenientes das vitórias sobre elas.

"Quando foi que você decidiu ser perfeita? De jeito nenhum consigo definir esse momento. Porém, em algum lugar ao longo da estrada, você perdeu a ousadia" (p.74)

Brett é uma personagem cativante e que causa identificação logo após os primeiros capítulos. Isso porque todos nós, em algum momento, já olhamos para o que nos tornamos e perguntamos: "é isso mesmo que imaginamos que seríamos?" E de alguma forma não nos encontramos ou reconhecemos diante dos planos que tínhamos. A escrita é leve e bem humorada, mas são poucos aqueles momentos clichês chick-lit com cenas ridiculamente inusitadas. Em muitas ocasiões a autora nos leva a reflexões sobre a situação da personagem. Se você assim como eu, tenta se transpor para o lugar do protagonista, se fica tentando pensar "Meus Deus o que eu faria se fosse comigo?" ou "Nossa!! Como uma pessoa nessa situação sente?" Então irá se sensibilizar muitas vezes com as derrotas e vitórias de Brett. A narrativa em terceira pessoa facilita essa identificação. Muitos personagens compõem a trama e não é difícil se envolver com todos eles,  seja amando, ou detestando alguns deles, como por exemplo um dos irmãos de Brett. 

Um dos grandes pontos positivos da trama é o amadurecimento da personagem, o que não ocorre de uma página para outra, mas ao longo do livro, de forma gradual e crível. Algo delicioso de ver. Outro fator que me agradou muito foi ver Brett rompendo paradigmas de suas crenças. Como uma mulher rica e sem preocupações com o que metade do resto do mundo se afligiria, ela se vê tendo que abrir mão do luxo e viver como a maioria das pessoas, e mais que isso, passa a conviver com os dois lados da realidade social, morando em bairros menos elitizados e trabalhando em bairros marginalizados, passa a perceber toda a discrepância dos dois universos e consegue se indignar com o pensamento e atitude das pessoas de classe abastada, classe essa que ela antes pertencia, tem sobre essas pessoas. A busca pelo amor deixará a protagonista em apuros hilários, porém  em situações reflexivas sobre quem ela é e o que quer do futuro amor. Trará personagens envolventes como Brad, por quem a gente torce todo o tempo, o doutor Garrett, o misterioso cara do casaco Burberry que ela só encontra vez por outra ao acaso, Andrew o tipo que você odeia logo de cara e alguns outros...

Recomendo muitíssimo o livro. Fiquei absolutamente apaixonada por ele que se tornou um dos meus queridinhos. É o primeiro romance da autora e devo dizer que ela estreou com chave de ouro. Mal posso esperar pelo próximo.









Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Oiee.

    Já vi muito sobre esse livro, mas não o li ainda.
    Não sei se chegarei a tê-lo em mãos e se um dia acontecer espero gostar da trama que me pareceu ser ótimo. Sua resenha me deu outra dimensão a respeito, por isso fiquei curiosa

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  2. Ola lindona , estou de olhos nesse livro há tempos, adoro a premissa dele . O fato deve sair da zona de conforto sobre dinheiro, me chamou atenção. Já está em minha lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Andreza!
    Cheguei a ver algumas resenhas bem legais sobre a obra, mas premissa dele não é muito de meu agrado. Apesar de todo o misterio envolvendo a trama, e já fica bem claro que você tem que ficar curioso, não é uma leitura que eu tenha vontade de começar agora. Estou tão empolgado no meu tcc, que estou escolhendo só os realmente essenciais no momento :) Quem sabe um outro momento eu tente o gênero. No momento, vou passar.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Andreza, tudo bem?

    Eu já li o livro e adorei a forma como o livro foi escrito. A história foi muito boa e adorei a forma como a protagonista tinha que realizar os sonhos. Foi um livro divertido e com aquela pitada de chick-lit que tanto adoro. Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  5. Essa é a primeira resenha que leio desse livro e fiquei feliz que seja um livro tão bom como imaginei! Os pontos apresentados por ti fortaleceram minha vontade de lê-lo! Gosto de livros que mexe com as crenças e opiniões, além de personagens concretos e evolutivos.
    Parabéns pela resenhaaa!

    Beijos
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  6. Ei Andreza, amei sua resenha!!!!
    O livro parece ser muito bom e divertido até.
    Acabei de adicioná-lo no meu skoob.

    Bjin da B
    Mundo B - Paixão, Amor e Outros Vícios

    ResponderExcluir
  7. Oi Andreza, sua linda, tudo bem?
    Essa parece ser aquelas histórias com lindas e profundas mensagens. Acho que junto com a personagem, nós leitores iremos crescer também, ver a dualidade da vida, suas injustiças, perceber que estávamos cegos diante dela e querer fazer alguma coisa, como acredito que ela também irá querer fazer. Torço para que no final, quando ela tiver a herança (acredito que ela conseguirá), ela faça algo de nobre com ela depois de tudo o que viu. Adorei sua resenha e amei essa história.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sabe aqueles livros que vc olha e de cara já quer porque tem a capa linda e quando lê a sinopse percebe que é teu número certinho? Eu tô louca pra ler esse bendito! Vi poucas resenhas dele e a maioria dessas poucas na época do lançamento, praticamente todas elogiando. Eu amo chick-lit e acho que esse livro não foi bem trabalhado e acabou não conquistando muito público. Enfim, tá há tempos na listinha, com mais um reforço agora. Rs
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, realmente pela sinopse eu esperava que o livro fosse aquele clichê de historia bem leve e previsível, mas saber que ela traz uma historia muito mais do que isso sensível e com o amadurecimento da protagonista me deixo com um pouco de vontade de lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Acho a capa desse livro super bonita e vou comprar esse livro em breve, pois sempre vejo resenhas positivas sobre ele :)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...