Resenha: As Brumas de Avalon - Livro 1

As Brumas de Avalon

 

A Senhora da Magia 

 

Marion Zimmer Bradley


 

Editora: Imago
Páginas: 252
Edição: 2008

Sinopse:  Num universo paralelo à Grã-Bretanha celta, a enigmática ilha de Avalon é a guardiã dos grandes mistérios eternos e sagrados. E os que estão destinados a viver nos dois mundos são, passo a passo, confrontados com as antigas tradições ligadas à Natureza, e às suas forças obscuras, e à nova fé cristã que procura espalhar-se no território. No centro de A Senhora da Magia, primeiro dos quatro volumes desta saga, está Morgana, a meia-irmã de Arthur, que se encontra num processo de iniciação para se tornar Grã-Sacerdotisa de Avalon. O seu grande objetivo é afastar a Bretanha da nova religião que encara a mulher como portadora do pecado original, ao mesmo tempo que desenvolve todos os esforços para colocar o seu meio-irmão no poder, como símbolo e líder da Bretanha unificada, sob a égide de Avalon e da Espada Mágica, Excalibur. 





As lendas de Arthur até hoje são contadas nos mais diversos campos das artes, e é justamente o debate entre historiadores que inspiram autores a recriar o mito do Rei Bretão, que tem como principal missão afastar a invasão dos Saxões à Grã-Bretanha no século VI.

Neste primeiro livro especificamente, a história é contada bem antes do nascimento de Arthur, visto que a coleção a qual ele faz parte, não tem como foco o Rei mítico, mas sim as mulheres que cercam Arthur. Morgana é uma dessas mulheres, irmã mais velha do Rei, conhecemos a história dela e de seus pais, Igraine e o Duque da Cornualha, Morgana já apresenta na infância o dom da visão, algo que a pequena herdou de sua família materna, visto que sua tia Viviane é a Senhora de Avalon, uma terra sagrada, ocultada magicamenteSua própria mãe Igraine também foi iniciada na magia, mas o casamento com o Duque não permitiu que a mesma desenvolvesse os dons, obviamente devido ao fato de o Duque ser cristão e repudiar o paganismo da cultura celta de sua esposa, isso leva Igraine a fazer com que Morgana oculte suas visões de seu pai e do Padre,grande conselheiro do Duque.Circunstâncias inesperadas levam Morgana para Avalon, onde a mesma é instruída por sua tia a amadurecer seus poderes, ao longo dos anos Morgana é vista como uma grande promessa para Avalon, se tornando um peça chave para a consolidação do reinado de seu meio- irmão num futuro próximo.  

As Brumas de Avalon é um livro essencial para qualquer leitor, principalmente para os amantes de literatura fantástica medieval, a trama é envolvente e narrada de forma simples,o livro é em terceira pessoa, e Marion Zimmer faz a perfeita junção de História e fantasia em vinte emocionantes capítulos, a respeito dos capítulos, meu único ponto negativo é o tamanho deles, apesar da trama ser incrível, para leitores com T.O.C. como eu que não conseguem parar o capítulo no meio, em algum momentos a leitura pode parecer cansativa, te obrigando as vezes a ter que parar sem terminar o capítulo ou insistir e ler até a exaustão.

Sem dúvidas, um dos pontos altos do livro em minha opinião,é a disputa de crenças entre as religiões pagãs e o cristianismo que se expandia pela Europa, o que foge um pouco do mito,e reconta um pouco do conflito real que existiu na época.
Os personagens são fortes, manipuladores,por vezes inocentes, e apesar de seus "pecados" você não consegue odiá-los, na verdade, alguns desses pecados você até torce para que sejam cometidos...rsrs.

Para mim, tem sido um dos melhores livros que já li na vida, digo isso pois a coleção é de 4 livros e iniciei a leitura do livro 2, ou seja, essa é a análise apenas do Livro 1, embora eu tenha certeza de que os próximos não deverão em nada a esse.
Confesso que não curti a capa dessa edição, vi pela rede outras edições com capas bem mais alinhadas ao universo mágico proposto pelo livro,mas é como dizem...não julguem um livro pela capa.

Em outras palavras,se permitam adentrar no barco mágico,que com um simples movimento de mãos Morgana fará com que a cerração se dissipe,e sem você perceber...te conduzirá ao mundo mágico dos druidas e sacerdotisas do Reino de Avalon.



                                   

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Eu tenho os 4 volumes. Mas comecei a leitura, e acho que não foi o melhor momento. Ainda mais sendo sua classificação de excelente. Pra mim, ficou meio confuso a narrativa, acho que não estava nos meus melhores dias. Acabei parando a leitura. A leitura não é tão fácil eu acho, ainda mais com a época de Arthur. Eu gosto de medieval, como tu citou, mas quero dar outra chance. Também não consigo parar um capítulo no meio, a não ser, que eu esteja com muito sono. Mas no outro dia volto no início do capítulo. O livro aborda bastante a religião, o que eu gostei. Mas enfim, quero ler, mas apenas mais pra frente mesmo.
    Abraços,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thayna...primeiramente...estou muito grata pelo seu comentário, e em segundo lugar...sei bem como é pegar um livro super aclamado e as vezes não se identificar, super apoio vc dar uma segunda chance pra ele em outro momento, estou para fazer o mesmo com Crime & Castigo de Dostoiévski que não consegui terminar tbm na primeira vez q li, mas acho muito válido retomar algumas leituras algum tempo depois. Como eu leio muitos clássicos já estou acostumada com os termos rebuscados,sejam dos tempos do Brasil Império ou na Era Arturiana...rsrs...por isso acho que pra mim pareceu simples.
      Mas quando sentir que for a hora...dê uma oportunidade para Avalon...se não gostar...é pq não tem jeito..não houve identificação...aí é partir pra outra...o importante é ter sempre um livro em mãos...rsrs...Bjusss

      Excluir
  2. Oiee ^^
    Já ouvi falarem super bem dessa série, mas acho que sou uma das poucas pessoas que não gostam das histórias de Arthur *-* não tenho curiosidade de ler.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh...vc não é a única não...eu tbm nunca me interessei...nem pelos livros e nem pelos filmes...rsrs...mas foi justamente isso que me levou a comprar "As Brumas"..pq não se trata de Arthur, mas sim das mulheres da lenda dele, é claro que ele tem sua importância na história, mas o foco não é ele, achei essa questão o diferencial da coleção...e foi isso que me motivou a ler...e estou amando!....bjkasss

      Excluir
  3. Nunca li a série, mas assisti a um filme homônimo. Gosto de literatura fantástica, pela sua resenha, acho que irei gostar desta série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávio...como percebeu pela resenha...eu recomendo!...rsrs...estou doida pra ver o filme...(pois é...até hj ainda não vi)...mas preciso terminar o livro, sou daquelas q não conseguem ver o filme antes de ler o livro. Abraços!!...:)

      Excluir
  4. Ohhhhhhh... druidas!!! Preciso ler esse!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...