Menos "mimimi" e Mais Ação Por Favor: Projetos que Fazem a Diferença!


Todo leitor adora qualquer iniciativa que envolva incentivo à leitura. Abrimos sorrisos de orelha à orelha com notícias do tipo: "Austrália inaugura biblioteca na praia", "França cria cantos de leitura em praça pública", "Moradores ingleses criam caixas de correio para troca de livros". E acompanhado destes sorrisos vem a sensação de "por que não tem isso aqui?" E como se não bastasse o comichão do recalque fala mais alto e vem logo a frase típica: "Ninguém lê nesse país.", "livros no Brasil são muito caros" Mas epa!! Espere ai cara pálida!! Quem não lê? Os grupos literários se multiplicam na Internet, a produção de artigos para esse público também, a Bienal do Livro é um sucesso, o mercado editorial comemora recordes de vendas e você ainda sustentando esses argumentos ralos de que no Brasil livros e leitores não tem vez.

Vamos pôr os pingos nos "is", e vamos parar de "mimimi", arregace as mangas e faça algo você mesmo. Veja bem, não estamos dizendo que não deva existir iniciativa governamentais, mas as grandes ideias surgem de gente comum, pessoas como eu ou você que cansaram de achar lindo o que os outros fazem e resolveram fazer bonito eles mesmos.

Foi assim que nasceram projetos incríveis como por exemplo: “O Leitura Na Praça Granito”, criado em 2012, a escritora Eliane Pimenta e a bibliotecária Lucia Lino, montaram um pé de livro em praça pública para contação de histórias e o empréstimo de livros foi coordenado, pelo morador de Anchieta, Marcelo Cavalheiro. O projeto completou um ano de existência e acontece na Avenida Cipriano Barata – Praça Granito – Parque Anchieta S/número.



Outro projeto que merece aplausos é o projeto Esqueça um Livro, que nasceu em 2013, com a proposta de esquecer um livro pela cidade, quem o encontra deve fazer o mesmo depois de lê-lo. O difusor da ideia no Brasil é Felipe Brandão, que depois de se dar conta que não tinha mais onde colocar tantos livros resolveu deixá-los por ai, e dividir o prazer da leitura com o sortudo que o encontrasse. A iniciativa cresceu e gerou frutos, hoje o projeto conta com muitos "esquecedores" e no ano passado organizou um grande encontro para esquecer livros em S.P




Ainda em Sampa e com apoio do projeto de Felipe Brandão, uma Hamburgueria resolveu criar espaço para leitura. Delícia né? Chegar para fazer um lanche e aproveitar para ler um livro... O coisa boa... É o que acontece no Rock'n'Roll Burger, O espaço foi inaugurado no ano passado e já conta com mais de 50 títulos. E abro um parentese aqui para dizer que a estante ficou linda!!!!!






No Maranhão a coisa acontece é no lombo do jegue. Duvida? Pois lhes apresento o Biblio-jegue. Uma iniciativa de professores e diretores de uma escola que já recebeu o "Prêmio Vivaleitura" de 2006. A biblioteca ambulante, movida à jegue, percorre a cidade de Alto Alegre do Pindaré, carregando livros em cestos. Basta uma sombra para a parada e molecada corre para leitura. 


Pois bem, amores e "amoras", eis ai o exemplo de gente que cansou do "mimimi"  e resolveu fazer a diferença. Então que tal, deixar de lado o comichão do recalque quando vir ideias muito bacanas, relacionadas à leitura, acontecendo lá fora e começar a por em prática suas? Quem sabe você não passa a fazer a diferença também?





Comentários
26 Comentários

26 comentários:

  1. Uauu post sensacional, realmente nós como blogueira vemos muito mimimi por ai! Uma historia engraçada que passei recentemente foi que recebi a visita de uma amiga em casa e ela viu minha estante e ela disse: Jura que tu le tudo isso né?! E eu: Cuma? hahaa bem fiquei na minha, por que se fosse discutir estragaria a visita, mas infelizmente no meu meio não existe quase ninguém com hábitos de leituras e isso me incomoda.

    O mercado literário ainda tem muito o que crescer, mas ela existe sim fortemente no Brasil, mas apenas para aqueles que se interessam né?!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! A ideia é lembrar que para mudança, é preciso arregaçar as mangas. :)

      Excluir
  2. Que projetos legais! Gostei principalmente deste da hamburgueria com livros. O problema é que ao "esquercemos um livro pela cidade", ainda temos que contar com a boa vontade das pessoas para que não o tomem somente para si. Por isso eu apoio tanto as bibliotecas públicas, que tem um ótimo controle dos leitores (pelo menos a da minha cidade). Já faz dois anos que pego livros de lá e sempre incentivo as pessoas a começarem a frequentá-la.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bibliotecas publicas são ótimas opções, mas só as frequenta aqueles que já são leitores, a ideia destes projetos é justamente chamar a atenção, atrair e incentivar aqueles que ainda não cultivam o hábito da leitura.

      Excluir
  3. Que post mais lindo, com projetos fantásticos, o único que conheço é o esqueça um livro que achei demais a iniciativa, vou pesquisar mais sobre esses projetos e outros parecidos.
    Mais concordo com a Cris, ainda sou um pouco receosa e acabo apoiando mais as bibliotecas públicas, que tem controle e um acervo sensacional. Já fui muito em uma biblioteca pública da minha cidade.

    Super recomendo também... Mesmo assim, como já citei, vou pesquisar mais sobre esses projetos.

    Débora | Em cada página
    www.deborafavoreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontramos muitos outros, em nossa busca e decidimos falar dos que mais nos chamaram a atenção.
      Vale a pena conhecer projetos como esses.

      Excluir
  4. Oi, Andreza! Acho que grande parte das pessoas que gostam de ler querer fazer a diferença com isso, né? Acho muito bom projetos de incentivo à leitura, pois só assim que as pessoas se descobrem leitoras: lendo e sabendo separar o que gosta do que não gosta. No meu caso, eu fui atrás dos livros por conta própria, nem meus pais se preocupavam em lê-los ou comprá-los pra mim. Por isso, vejo muita família não dando incentivo aos seus filhos quanto a isso, e espero que isso mude, que, ao invés de se preocupar em comprar roupas, que compre livros. Depois que me viciei na leitura, comecei a abdicar do tudo pra comprar só livros. Hoje, não me arrependo. E sobre esses projetos que você mencionou, só conheço o Esqueça um Livro, que fiquei sabendo por intermédio de um grupo de leitura no Facebook. Sobre as Biblio-alguma-coisa, sempre existem, né? Acho muito bom, porque assim desmistifica a crença de que, pra ler, você tem que estar num lugar de sossego, sozinha e longe de todos. Adorei a postagem, parabéns!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é um achado Nina, a grande maioria não vai atrás dos livros por conta própria, ainda mais hoje em dia, em que a maioria dos nossos jovens passam a maior parte de seus dias conectados. Parabéns!

      Excluir
  5. Show de bola esse projeto!
    A literatura tem muito que crescer aqui no nosso país e eu já havia visto em um programa de tv um projeto desses e achei bem interessante.
    Na cidade de campinas não me recordo de nenhum projeto no estilo.
    :) bjus
    http://www.palavras--encantadas.blogspot.com.br/s


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não conhece nenhum em sua cidade, é porque é hora de ter um ai... Que tal começar? rs
      bjs

      Excluir
  6. Projetos muito interessantes. Existem muitos projetos de incentivo á leitura espalhados pelo Brasil, mas eles não são tão divulgados. Por isso achamos que aqui ninguém faz nada do tipo. Na minha cidade, todo mês tem a Feira Grátis da Gratidão. É um evento organizado ao ar livre, onde pessoas podem levar seus livros e trocar por qualquer outro que queiram. Quem não levar um livro pode pegar também. Acho isso muito válido porque de certa forma é um incentivo á leitura. Qualquer pessoa que estiver passando pelo local, ali no momento, pode escolher um se quiser.
    O que eu acho é que esses projetos deveriam ter mais apoio e mais divulgação. Quem sabe isso não abra portas para projetos futuros, né?
    Então é isso. Ótimo post.
    Beijinhos
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana!!! Vou procurar me informar sobre esse projeto. Onde fica? Você tem o contato dos organizadores?
      Gostaria muito de conhecer. Obrigada.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Pois é. Eu mesma sinto vontade de criar algo assim, mas não sei como. Acho esses projetos excelentes.
      Esse projeto fica em Nova Friburgo (região serrana do RJ), mas já vi páginas relacionadas á esse evento em outros locais, como a própria cidade do RJ, Barra do Piraí e Volta Redonda (RJ), Belo Horizonte... E o interessante é que ele não é relacionado só a livros. Só não sei se existe em outros locais também, mas seria bem interessante. Talvez exista na sua cidade também.
      Você pode dar uma olhada aqui, se quiser: https://www.facebook.com/pages/FEIRA-Gr%C3%A1tis-DA-Gratid%C3%A3o-Friburgo/301630466641526?pnref=lhc(da minha cidade) ou aqui https://www.facebook.com/FeiraGratisDaGratidao?ref=ts&fref=ts Acho que você vai gostar

      Excluir
  7. Que máximo seu post Andreza!! Amei de verdade! Principalmente a burgueria com livros! (mente gordinha! o/)
    Se vc quiser dar um update no seu post, ou simplesmente saber mais a respeito, em BH começou um projeto que chama Ponto do Livro (na verdade acho que começou mesmo em outro lugar e BH foi a segunda cidade a aderir, não lembro qual foi a primeira).
    Voluntários criaram plataformas em alguns pontos de ônibus na cidade e pessoas ou instituições doam livros lá! Aí quem está no ponto ou simplesmente passando por lá pode pegar um livro e quando acaba pode devolver em qualquer outro ponto que tenha a estrutura! É super interessante e já se expandiu para o RJ e outras cidades de MG. Eu fiz um post no meu blog a respeito, se vc tiver interesse em saber mais e ver algumas fotos. Tem também uma fanpage no facebook! ;)

    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana!! Vou procurar no seu blog. Adoro conhecer esses projetos. Obrigada!!

      Excluir
  8. Ótimo post, e ótimo lembrete de que quem tem que fazer a diferença somos nós em nossas vidas. Os projetos são incríveis, e esses organizadores devem ser seguidos como exemplos.
    Abraços! :)

    ResponderExcluir
  9. Eu adorei o que você escreveu ! Serio, sem tirar nem por. Todos nós temos mania de falar ao invés de agir, muitos leitores se vangloriam por ler e adoram se achar melhores que outros, quando deveríamos está mostrando a leitura a todo tipo de pessoa, mostrar esse universo fantástico, que temos direito com cada página. Esses projetos deveriam com toda certeza ter mais investimento, incentivo, são fantástico e formadores de opiniões.
    Beijos
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oii, tudo bem?
    Realmente falta iniciativa, esse Projeto Esqueça Um Livro é incrível, na minha cidade não tem, porém vejo o número de leitores aumentando, mas ainda tem muita gente sem noção que já vi estragando livros e por isso dá medo de fazer algo. Olha o medo gerando a falta de iniciativa...
    Na cidade em que meu pai trabalha tem o Esqueça Um Livro, até ele que não é ligado em leitura já veio me contando sobre isso todo empolgado!
    Graças ao meu blog eu fui convidada para montar uma biblioteca em uma escola infantil, estou esperando a confirmação...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Angélica!!
      Que seja uma biblioteca agradável e bastante convidativa para seus leitores. Teho certeza de que fará tudo com carinho.

      Excluir
  11. Olá, eu conhecia apenas o Esqueça um Livro, hoje mesmo vi em um grupo no Facebook uma colega achando um livro que está com a descrição atrás para esquecê-lo depois de ler, é um projeto super legal, infelizmente aqui na cidade não tem, mas a biblioteca recebe doações de livros da população, incrível é que tem até A Batalha do Apocalipse lá, sem tirar a trilogia 50 Tons acredita? Super sério isso, nas escolas só algumas tem bibliotecas e é super legal ver meu irmão navegando entre as poucas prateleiras procurando algo pra ler, incentivar a leitura é vida.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O projeto do esqueça o livro basta começar a esquecer. Foi assim que ele começou, com uma pessoa resolvendo esquecer um livro por ai. Então por que não convida um grupo de amigo leitores e comece a esquecer livros por ai? bjs bjs

      Excluir
  12. Oi, Andreza.
    Essas ações para incentivar a leitura é muito bacana, eu já pensei em fazer alguma, mas não coloquei em prática, porque sozinha não é tão fácil, mas um dia ainda acredito que farei algo mais ou menos assim o/ Os exemplos que você citou são incríveis, deles eu só conhecia o Esqueça um livro, mas esse do jegue é muito engraçado e divertido, gostei muito da ideia, os outros também estão de parabéns. Enfim, adorei todos os exemplos de ações e espero que a cada ano mais leitores incentivem a leitura por ai oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Convide pessoas a sua volta para apoiar seu projeto Larissa, você pode se surpreender com o número de pessoas que podem se interessar em abraçar a ideia. Sucesso.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...