Retrospectiva Literária 2014

Você já deve ter assistido a todas as retrospectivas de todas as emissoras da TV aberta, e muito provavelmente você já deve ter feito a sua Retrospectiva 2014 mentalmente, isso porque o final de ano sempre evoca aquele momento de reflexão em que você pondera os acontecimentos da sua vida, se o ano teve mais saldo positivo do q negativo, e isso ajuda e muito na hora das suas tradicionais resoluções para o ano seguinte, a ideia principal é sobretudo evitar repetir os mesmos erros certo?...exatamente como a nossa seleção que certamente hoje ao assistir as retrospectivas na televisão, deve ter mentalizado que de 7 X 1 nunca mais, pode até ser de 8...mas de 7 nunca mais!...rsrs.




Mas como a especialidade do nosso time não é futebol...a retrospectiva do Café com Letras vai passar bem longe dos campos,e muito perto das folhas, letras, tintas e penas ( eu sei q pena não dialoga com a nossa época, mas é tão poético...rs)...vamos conferir abaixo, alguns grandes acontecimentos do mundo literário nesse ano de 2014.


Por essa nem a Morte Esperava


Janeiro chegou  com tudo,e trouxe com ele uma adaptação literária muito aguardada, quem não foi assistir "A Menina que Roubava Livros " no cinema no dia 31/01, é porque provavelmente conseguiu assistir no conforto de sua casa, da tela de seu computador, pois se meus queridos leitores bem se lembram, o filme vazou na rede bem antes de sua estreia, isso foi assunto em vários Blogs e grupos de Facebook, o compartilhamento do filme foi geral, e os leitores mais curiosos e ansiosos, não se contiveram e assistiram o filme na sala de casa..muito antes de Liesel dar as caras nas salas de cinema.




As Batalhas da Memória

Em 2014, duas tristes lembranças históricas foram bem exploradas pelo mercado editorial, isso poque em Abril o Golpe Militar de 64 fez 50 anos, e em Julho foi o centenário da Primeira Guerra Mundial.
Desde o final de 2013, diversas editoras apostaram em livros voltados para essas temáticas, obras que mostravam diferentes visões sobre a Ditadura Militar no Brasil , eram facilmente encontradas nas principais livrarias mesmo antes da data fatídica.
Eventos voltados para a preservação da memória histórica promoveram autores e livros que viram nesse cinquentenário uma grande possibilidade para o incentivo à pesquisa e disseminação de informação a respeito do Golpe de 64.
Mais informações :  http://migre.me/nQHFT



Não culpem as Estrelas


Os livros de Jhon Green já vinham fazendo sucesso faz tempo, a adaptação de " A Culpa é das Estrelas" foi certamente o filme mais aguardado pelos leitores nesse ano, e pelo visto não decepcionou, foi sucesso de bilheteria em diversas partes do mundo, incluindo o Brasil.

Quem foi ao cinema assistir o filme, era recebido na entrada com um frasco de Maracugina e lenços de papel...rsrs...mentira, mas ninguém pode negar que nas salas de cinema de todo o mundo, o choro foi livre, daria pra abastecer a Cantareira  e resolver o problema da água em São Paulo, mas infelizmente de um modo geral..o choro não foi reutilizado para fins tão altruísta, foi só desperdiçado mesmo.
E por falar em ACEDE, alguém tem notícias do banco em Amsterdã que simplesmente desapareceu?, será que a culpa é das estrelas também?.
 Mais Informações: http://twixar.me/0hb  /  http://twixar.me/4hb


Mirou na Bienal e Acertou no Show de Rock

" Não imaginávamos que teríamos tantos jovens ainda interessados por livros. Isso não é um Show de Rock.Mas sabemos que precisamos melhorar a infraestrutura para o próximo ano. "

A declaração pra lá de polêmica parece inacreditável, mas foi realmente dita e justamente pela organização do evento literário que aconteceu entre os dias 22 e 31 de Agosto em São Paulo. Confusões devido ao grande número de pessoas atraídas pela presença de seus autores preferidos, é algo que a Bienal do Rio também já experimentou, que o diga as fãs do Nicholas Sparks na edição de 2013.

Se dizer surpreso pelo número de jovens interessados em literatura é no mínimo curioso,visto que o sucesso do mercado literário para adolescentes e jovens não foi algo que surgiu em 2014, a justificativa para tamanha falta de organização não convenceu e ficou feio pra caramba.

Mas nem tudo foi só desastre na Bienal São Paulo, a vinda de autores muito queridos em diversos segmentos da literatura contemporânea, fez a alegria da galera, tivemos Cassandra Clare, Kiera Cass, Harlan Coben e outros.
Quem conseguiu fotos e autógrafos...certamente nem deve lembrar de toda confusão que permeou o evento.
 Mais Informações: http://twixar.me/yhb


Literatura Nacional em Festa

Perto do final do ano, mais precisamente no mês passado, aconteceu a premiação que nada mais é do que o Oscar da literatura nacional.
O Prêmio Jabuti, escolhe os melhores livros nacionais do ano e os separa por categoria, neste ano, o prêmio de uma das categorias mais importantes permaneceu nas mãos de Laurentino Gomes, que  com o livro "1889" recebe pela terceira vez o troféu por uma obra de não ficção.
Mais Informações: http://twixar.me/5hb



 20 adaptações de Livros nos Cinemas em 2014

Vamos relembrar todos os filmes baseados em livros que passaram pelo cinema?, a matéria no link abaixo foi feita no início do ano, e apresentava uma previsão dos filmes que estreariam, logo, alguns filmes que você verá aqui não chegaram a ir para o cinema, e outros ainda estavam com datas indefinidas na época...mas vale a pena relembrar.

Link: http://twixar.me/thb



 Literatura em Luto


Esse ano tivemos muitas baixas, autores importantíssimos da literatura nacional se foram,assim como internacional também, não vou me prolongar nessa questão...pois temos um post dedicado especialmente aos escritores que em 2014...partiram para o andar de cima.









Os Dez Livros mais vendidos de 2014

Para encerrar nossa Retrospectiva, segue a lista dos dez livros mais vendidos no ano de 2014 aqui no Brasil.
John Green se consagrou como o autor mais vendido, tendo 3 de suas obras na lista.
Os dados correspondem a uma pesquisa recente, como mostra a matéria no link abaixo:







Nada a Perder 3 (Planeta), de Edir Macedo; 752.973 exemplares
A Culpa é das Estrelas (Intrínseca), de John Green; 639.502 exemplares
Ansiedade: Como Enfrentar o Mal do Século (Saraiva), de Augusto Cury; 346.543 exemplares
Destrua Este Diário (Intrínseca), de Keri Smith; 332940 exemplares
Quem é Você, Alasca? (WMF Martins Fontes), de John Green; 161.954 exemplares
Se eu Ficar (Novo Conceito), de Gayle Forman; 158.189 exemplares
Cidades de Papel (Intrínseca), de John Green; 143.404 exemplares
Não se Apega, Não (Intrínseca), de Isabela Freitas; 130.054 exemplares
O Pequeno Príncipe (Agir), de Antoine Saint-Exupéry; 123.576 exemplares
10º A Menina que Roubava Livros (Intrínseca), de Markus Zusak; 121.876 exemplares

Click Aqui : http://twixar.me/Rhb

O que será que nos reserva 2015?....certamente fortes emoções, mais adaptações estão prontas para estrear, lançamentos de livros, Bienal do Rio, leituras...leituras e mais leituras, uma coisa é certa, em todos esses futuros acontecimentos literários, o Café com Letras estará aqui, pronto para te informar, e aguardamos da mesma forma a sua interação com a gente.
Desejamos para todos vocês muita paz, muito amor...saúde pra você usufruir de todos os desejos anteriores...e muito dinheiro pra você comprar muito livros em 2015.
Aguardem as novidade do Blog...poque nós do Café com Letras já estamos na vibe "Ano Novo...Vida Nova"...e te esperamos aqui em 2015.





Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Amei a retrospectiva *-* informativa e divertida (tinha q ser você né, dona Ivy kk)

    Tão lindo ver O Pequeno Príncipe na lista de mais vendidos. O livro é de 1943 e o Antonie morreu no ano seguinte (thanks Wikipédia kk), me pergunto se é a família que fica com o lucro..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk...Gabi...vc agradecendo ao Wikipédia...morri de rir aqui, realmente...esse ano pensei em comprar o livro e fazer o q pensei ano passado, ler ele para o meu sobrinho,mas só q aperfeiçoei a ideia, vou ler junto com ele...cada dia um capítulo...:)

      Excluir
    2. A Wikipedia facilita muito a vida da gente ahahaha. Mas a lista de mais vendidos é deprimente... a começar pelo livro que a encabeça, "escrito" por um criminoso que jamais será preso.

      Excluir
    3. kkkkkk XD
      Por favor, se ele falar alguma "pérola", nos conte haha

      Infelizmente o Brasil tem muito a nos envergonhar e decepcionar :/

      Excluir
  2. Acho que foi a primeira vez que ri lendo uma retrospectiva! kkkkk...Ótimo trabalho!
    Dos 10 livros mais vendidos só li o Pequeno Príncipe... e não foi esse ano... rsrsrs.
    E que venha 2015!

    ResponderExcluir
  3. Tem q ter um pouco de humor né... Kkkkk

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...