Resenha: Encantos do Jardim

Se você ainda não leu Sarah Sarah Addison Allen, este livro é uma boa maneira de começar. Duvido muito que você não fique preso à trama até a última linha.


Encantos do Jardim

Sarah Addison Allen



Série: Encantos do Jardim - Livro 1
Editora: Rocco
Páginas: 238
Edição: 2008

Sinopse: Embora as mulheres da família Waverley não sejam feiticeiras, todos na diminuta cidade de Bascom sabem que há algo misterioso nelas. A avó de Claire criava iguarias únicas com flores comestíveis para resolver os problemas das pessoas e sua idosa prima Evanelle tem mania de enviar presentes inesperados exatamente quando as pessoas mais precisam deles. Quando Sydney, irmã de Claire, volta a Bascom após anos de ausência, traz junto sua filha Bay e a capacidade de unir essa família pouco convencional.



Imagine uma cidade pequena, dessas em que todos se conhecem, em que a tradição  de cada família define quem você é. Assim é Bascon, lugar da família Waverley, conhecida por carregar segredos, mistérios e magia. Cada integrante dos Waverley carrega um dom especial. Esses dons se tornaram tormentos e dádivas para gerações anteriores às irmãs Claire e Sidney. Deixadas com sua avó em Bascon ainda crianças, as irmãs cresceram reagindo de forma diferente às atitudes levianas de sua mãe. Claire abraçou o mundo novo que surgia tentando a todo custo se tornar parte daquele lugar, apegou-se às tradições da família. Seu passado aos cuidados de uma mãe negligente modelou uma personalidade solitária, aversa a mudanças, com enorme extinto de preservação. Claire consegue manter sua rotina segura sem grandes turbulência até a chegada de sua irmã Sidney que não dava notícias a dez anos, e de sua pequena sobrinha Bay. Orientada pela única parente próxima da família, sua tia Evanelle, Claire tenta perdoar a irmã que fugiu sem qualquer explicação. O que ela não sabe é que se para ela Bascon foi um refúgio, para Sidney, foi um local de estigmas onde ela sempre seria vista como uma das estranhas mulheres da família Waverley. Porém, sair de lá fugida fez com que Sidney se envolvesse em grandes problemas,  o que a obrigava voltar a contra gosto. Aceitar esse retorno faz com que as irmãs se exponham, remoam seus passados e se identifiquem de fato como uma família.

E como para todo mundo, quando algo começa a dar errado a tendencia é só piorar, para Claire não é diferente. Como se não bastasse essa volta repentina da irmã para bagunçar sua rotina, ela ainda precisa lidar com o novo vizinho. Um bonitão, professor que acabou de chegar na cidade e está determinado a conquistar Claire, sacudindo sua zona de conforto.
Dada a trama, a autora insere tantos outros personagens cativantes, dando vida a cidade e nos envolvendo a cada linha. 

A narrativa na terceira pessoa permite a autora trabalhar elementos variados de forma poética, encantadora. Sua escrita é um frescor na alma, tão boa quanto cheiro de terra molhada ou barulho de chuva. É impossível, veja bem, eu disse: impossível, não se apaixonar e não se sentir envolvido com a magia de cada linha, com as histórias de cada personagem, com o romance, com a reconstrução de laços familiares.  

Os personagens são muito bem estruturados, convivem com dramas comuns, o que faz  de "Encantos do Jardim" uma história com muitas situações possíveis e reais apesar de todos os elementos misticos,..  É uma história de perdão, superação e amizade carregada de doçura, do tipo que nos arranca sorrisos e mais sorriso durante a leitura.
Recomendo a leitura sem pestanejar e tenho certeza que irão adorar este livro. 
















Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. O que mais me chamou a atenção para o livro, Encantos do Jardim -
    Sarah Addison Allen, foi a capa lindissíma, depois foi ler.. "Cada integrante dos Waverley carrega um dom especial. Esses dons se tornaram tormentos e dádivas para gerações anteriores às irmãs Claire e Sidney" isso me instigou a leitura.Acredito que a leitura irá ser prazerosa.

    ResponderExcluir
  2. Pode ir com vontade Raquel. ..rs.
    A leitura é leve e muito prazerosa sim.

    ResponderExcluir
  3. Olá!!

    Nossa quanto elogios na resenha!!
    É tão bom quando um livro nos deixa assim né?
    Eu nãoconhecia o livro ou a autora e depois dessa chuva de elogios fiquei muito curiosa em conhece-los.
    Os temas abordados são ótimos!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei a premissa do livro com um leve toque de sobrenatural, algo nesse sentido. Já coloquei em minha lista de desejados, adorei saber que adorou o livro e me deixou ainda mais curiosa com o livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Não sou de ler nada com temática sobrenatural, mas esse livro me interessou. A premissa me lembrou muito a Trilogia das Cartas, da brasileira Bianca Carvalho. E sua resenha me deixou com vontade de ler, mas a Rocco tem os livros muito caros. :'(
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Não sei se gostaria do livro, pelo pouco que absorvi da sua resenha ele me remete a romances um pouco dramáticos e que envolvem magia, mas não sei se me adaptaria a história, estou confusa, me parece que seria uma leitura lenta e nem sei explicar pq tive essa impressão. Mas quando os personagens são bons as vezes compensa, além disso se não me engano essa é a mesma autora de O Pessegueiro certo? Bom, não posso dizer que amei a escrita da autora, mas foi um bom livro. Talvez eu daria a chance a este por esse motivo

    ResponderExcluir
  7. De cara já adorei a capa. Quando li que cada uma tinha um dom, já fiquei super curiosa, adoro novas possibilidades e sempre que vejo livros assim fico imaginando com seria se eu tivesse os dons das personagens.
    Beijos
    Porão da Liesel
    <a

    ResponderExcluir
  8. Oi andresa.
    Amei essa capa, meio poética.
    Por mais positiva que tenha sido sua resenha e apesar de gostar de enredos sobrenaturais, alguma coisa nessa história não me atraiu nem despertou meu interesse.
    Mas é bom saber que a a autora convence na construção dos personagens e enredo, pode ser que eu leia um livro dela com outra temática.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  9. Oiee, tudo bem?

    Nunca li nada da autora e ja anotei a sua dica, bom saber por onde começar. Gosto de livros sobrenaturais, apesar de não ser o gênero que eu mais leio. Vou dar uma chance ao livro, ainda mais com uma resenha tão positiva

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Andreza, sua linda, tudo bem?
    O início dessa história me lembrou um pouco daquele filme: da magia a sedução(acho que o nome é esse, risos...) Eu já conheço essa autora, embora os livros dela não sejam muito divulgados, sou louca para ler. Comprei O Pessegueiro, e depois da sua resenha, pode ter certeza de que irei comprar esse também. Adoro livros com magia, um dos meus gêneros preferidos. E já vi que esse terá muita confusão de família e um romance bem fofo com esse vizinho. Adorei!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é inspirado no livro :)
      Volte mais vezes.

      Excluir
  11. Ola,
    Parabéns pela resenha. Adoro livros em terceira pessoa, é como cê disse, dá mais força para a autora trabalhar outros elementos, e outro ponto, cê disse que é impossível não não se apaixonar por ele, eu acho que iria gostar por isso, mas por outro lado, sempre desgosto de livros sobrenaturais.

    ResponderExcluir
  12. Oi Andreza,

    Amei a sinopse que me fisgou, a sua positiva também me puxou e tenho certeza que o livro me conquistará, tanto que já está na minha lista de desejos. A obra envolve temas que simplesmente "amodoro" e como você colocou que é IMPOSSÍVEL não se apaixonar... ah! já me apaixonei.

    Bjs
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Andreza, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, mas o livro não me chamou a atenção, apesar de gostar de livros que tratam de reconciliações familiares. A capa está muito bonita!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Já li O Pessegueiro da autora, ele se tornou favorito da vida e quero ler tudo dela, então um dia acabarei lendo esse livro... só me falta tempo. Entendo perfeitamente quando você diz que é impossível não se apaixonar e não se sentir envolvido com a história, e acho que frescor na alma é uma ótima forma de descrever a escrita da autora. espero mesmo conseguir ler esse livro e os outros dela logo!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá tudo bem?
    Eu não conhecia a autora nem o livro, mas eu gostei muito da premissa do livro, muito mesmo. Me pareceu um pouco misterioso e a sinopse e a sua resenha me deixaram bem animado, a história realmente me chamou atenção, mas a capa não é das mais bonitas.
    abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...