Homens de Papel

Quando o conheci, já havia perdido todas as esperanças. Estava decretado: eu não iria encontrar alguém que completasse os requisitos básicos e até imaginários para o cargo de "homem da minha vida." 
Mas....eis que ele surge, tem todos os predicados, parecia que nem existia, e realmente não existe, pelo menos não materializado no meu mundo, ele está ali...preso em folhas,parágrafos, frases e letras, esse é Michael Curry (desculpe moças...não entrarei na disputa pelo coração do Mr. Darcy...kkk).
Os predicados dele? ..bom...ele é Historiador, lindo, sedutor, inteligente...com habilidades paranormais (ta bom...paranormalidade não é um requisito...rs) e irlandês (Sim, tenho queda por irlandeses..rsrs), Contudo, o que você faz quando se descobre encantada por um personagem de livro? A razão te pede pra esconder de todos...afinal, você não quer parecer uma doida, mas não se aguenta, até porque precisa saber que não é a única. E olha que legal! Você não é.



Quando "conheci" o Michael, tratei de postar no face...rsrs... muitos amigos acreditando que eu tinha arrumado um namorado...me parabenizavam, até o momento que resolvi parar a brincadeira e falei que era um personagem de livro e todos comentavam  com onomatopeia de risadas. Claro! Quem não acharia graça?..rsrs.

Fato é que a maioria das leitoras já tiveram um amor literário, e as que não tiveram...terão em algum momento, por acaso você vai abrir um livro e quando se der conta...estará lendo a descrição exata do cara dos seus sonhos. A mágica toda está exatamente nisso, exatamente no fato trágico dele não existir, porque se existisse, certamente não seria tão perfeito, e provavelmente seus pequenos pecados narrados em primeira ou terceira pessoa no livro...na vida real não seriam perdoados por você. No livro tudo parece permitido e praticamente todos os delitos viram poesia. Te dou exemplos. Será que toparíamos acatar todas as excentricidades sexuais de Mr. Grey na vida real? Ou acharíamos sedutor a petulância e soberba de Darcy? Suportaríamos manter um relacionamento duradouro com todos aqueles homens perfeitos demais, românticos demais e apaixonados demais, criados por Nicholas Sparks?. 

 Falando por mim...o 1º acharia um maníaco, o 2º não olharia mais na cara na primeira ignorância, e o 3º não teria saco pra aturar...rsrs, Mas todos esses personagens foram criados justamente para mexer com a nossa cabeça, nos fazer suspirar, fazer com que nos sentíssemos no lugar das heroínas, e eles conseguem.

Não se sintam manipuladas por isso.  Não vejo problema algum. Acho muito bom o autor que tem a capacidade de te sensibilizar a tal ponto que parece tocar a sua alma. De fato, o melhor é que estes personagens estejam mesmo nas páginas dos livros, até porque não tem outro jeito...rsrs...mas se pudéssemos traze-los à vida...será q o faríamos?...e será que seriam tão bom?.

Uma vez vi uma postagem que dizia que homens de livros, acabam com todas as chances de encontrar um homem decente na vida real, achei tão cruel com o homens de carne e osso, não dá pra generalizar, e também não é possível que depois de mulheres feitas, nós venhamos acreditar no príncipe, que até existe, mas é o SEU príncipe...perfeito em qualidades e defeitos, estão longe de ser o que a Disney e os livros nos mostram. Vamos combinar uma coisa? Nem você é aquela donzela em perigo aguardando o beijo dele pra achar algum sentido na sua vida....ainda bem né?!!

Então meninas...se vocês já encontraram "O Cara" perfeito nos livros...que legal!!! Agora talvez só falte encontrar o seu "Cara" da vida real, isso se vocês quiserem encontrar também. O mundo literário não é só feito de princesas...tem as amazonas tbm. Se você está entre as que procuram, não desanime não, ele não vai aparecer perfeitinho daquele jeito que a sua autora ou autor preferido escreveu e vai ser na medida certa para a sua história.


OBS: Michael Curry é personagem do Livro "A Hora das Bruxas" de Anne Rice.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Você tem razão, se eu encontrasse o Mr. Darcy na vida real eu reagiria exatamente como a Lizzie! hahahaha Acho que é por isso que eu amo tanto os dois.
    Porém eu nunca tinha sentido algo tão forte por um personagem até conhecer o Jace, de Os Instrumentos Mortais. Ele se parece MUITO com o "cara perfeito" que tenho em mente. Isso me pegou de jeito, passei noites sonhando com ele (sério! hahahah).
    Um livro/filme bem bacana que mostra isso é Austenlândia. Jane, a protagonista, teve tantos problemas com homens reais e acha o Mr. Darcy tão maravilhoso, que não consegue mais ter relacionamentos, porque nenhum homem chega aos pés do personagem.
    Adorei o post! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso ver esse filme...conheço de nome...mas não sabia q tinha esse enredo...já sei q vou adorar...:)

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...