Resenha: Minha Metade Silenciosa.

Esse livro foi uma indicação. Vem ver do que se trata.


Minha Metade Silenciosa
Andrew Smith



Editora: Gutembberg
Páginas: 304
Edição: 2014

Sinopse: Stark McClellan tem 14 anos. Muito alto e magro, tem o apelido de Palito, mas sofre bullying porque é 'deformado', já que nasceu apenas com uma orelha. Seu irmão Bosten, o defende em qualquer situação, porém ambos não conseguem se proteger de seus pais abusivos, que os castigam quase todos os dias. Ao enfrentar as dificuldades da adolescência, é a amizade e o apoio do irmão sua referência de amor. Um dia, porém, o pai descobre um segredo de Bosten, que foge de casa. E Palito, em uma jornada de amadurecimento, o buscará para ajudá-lo.




Sabe aquele livro que você pensa: "não vou gostar” só de ler capa e sinopse? Pois bem, essa era a sensação ao olhar para 'Minha Metade Silenciosa'.  Mas tive pelo menos duas indicações para esse livro, resolvi arriscar. A surpresa? Li de uma única vez.
A trama é dramática, porém esperançosa, dolorosa, porém reflexiva. Não de uma maneira piegas, está mais para “soco no estomago”. O autor, Andrew Smith, nos conduz pela história de Palito, apelido que recebeu por ser demasiadamente magro e alto, e maneira pela qual gosta de ser chamado. Nosso protagonista nasceu sem a orelha direita, e por isso, segundo ele, sua maneira de escutar é diferente, com um pequeno 'atraso' ou como ele mesmo descreve, as palavras ficam presas em sua cabeça, colidindo com seu lado direito sem ter um lugar pelo qual escapar. Dada a sua diferença Palito é vítima de bullying na escola, porém os abusos e violências sofridos pelo protagonista são se restringem à rua, ocorrem também dentro de sua própria casa por pais frios e cruéis que você odiará a cada página.

Felizmente o autor nos brinda com pequenas doses de esperança rodeando a vida de Palito com personagens cativantes pelos quais você se apaixonará, um deles é seu irmão mais velho, Bosten, que faz de tudo para protege-lo. Os irmãos são inseparáveis, encontram um no outro o amor, o carinho, a cumplicidade que falta em sua casa. Essa amizade que os ajudam a suportar os maus tratos dia após dia.
É impossível não se prender a narrativa da trama, ou de por vezes se sentir impactado, outras vezes sensibilizado, e as vezes até esperançoso. O autor habilidosamente nos leva a reflexão sobre a infeliz realidade vivida por tantas crianças e adolescentes. A história de Palito é fictícia, mas não é diferente de milhares de histórias reais das quais algumas vezes tomamos conhecimento.
Mas não há apenas lágrimas na leitura, ela na verdade é uma montanha russa de sensações que leva o leitor à risos, esperança, raiva, ternura, tristeza, alegria...
'Minha Metade Silenciosa' virou um dos melhores livros que li até agora em 2014. E recomendo a qualquer leitor que esteja disposto a uma leitura emocionante.





Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Eu ganhei esse livro de presente e também fiquei muito surpresa com o quanto ele me emocionou e mexeu comigo.
    É um livro que eu recomendo sem medo de decepcionar.

    ResponderExcluir
  2. Verdade Maria. Podemos indicar sem medo. Que bom que gostou da leitura, é ótimo quando um livro corresponde às nossas expectativas.

    ResponderExcluir
  3. O fato de o autor brincar com doses de esperança me chamou atenção. Como assim pais abusivos, isso não entra em minha cabeça. Os temas abordados no livro são muito interessante e creio que terá uma grande mensagem. Já anotei para ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Esse é um livro que não dava nada por ele, exceto pela capa, que me chamou a atenção. Mesmo lendo a resenha e achando a história muito interessante, pois gosto quando autores trabalham esse sentimento de fraternidade e quando um irmão está lá para ajudar outro, não sei se gostaria da leitura por ser focado em temas como discriminação e a forma como os pais os tratam. Gostei também de o autor dar doses de esperança para o leitor, isso não só prende a atenção como deixa a história mais real. Ótimo texto.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Andreza, tudo bem? Tenho muita vontade de ler esse livro e sua resenha só me deixa ainda com mais vontade. Gosto muito dessas tramas com temas fortes, como o bullying e deve ser bastante angustiante ver o maus-tratos que o Palito sofre com os pais, mas acho muito legal a relação dele com irmão. Que bom que o livro, mesmo sendo doloroso, consegue nos trazer esperança. Acho muito legal a diagramação desse livro e a forma como ele foi escrito.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    com certeza a capa e sinopse não atarem muito a atenção do leitor, contudo após sua resenha me peguei interessada e querendo mais desta história. Livros que trazem assuntos delicados, são sempre ideias para uma leitura, pois faz com que o leitor pare para pensar e refletir sobre o assunto, mesmo que tenha um final plausível, ainda sim mexerá no mais intimo do leitor. E por este motivo eu quero conhecer melhor está história.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky
    SA Revista

    ResponderExcluir
  7. Amo livros que nos fazem vivenciar uma montanha russa de emoções, e só isso já seria o suficiente para que eu quisesse ler. Mas, além disso, a capa me chamou a atenção desde o lançamento, e fui a um encontro de blogueiros (faz tempo) em que pediram para cada um dizer sua melhor leitura do ano até o momento, e vários disseram Minha metade silenciosa. Então não me surpreendi nem um pouquinho quando você disse que foi uma das suas melhores leituras de 2014. Comprei há algum tempo, e infelizmente ainda não consegui encaixar na fila, mas espero conseguir fazer isso logo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Eu não costumo ler esse tipo de livro pq já tive alguns problemas quando era mais nova e as vzes me sinto um pouco mal.
    mas esses livros conseguem tocar mesmo na leitura. fico feliz que tenha gostado ^^
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Nenhuma criança merecia ser tratada dessa forma pelas pessoas que possuem o dever de protegê-las e amá-las. Já fiquei com o coração na mão com esse comportamento dos pais deles. E achei lindo o amor do irmão por ele. Tenho certeza de que irei me emocionar com essa história, ainda mais depois de ter dito que foi uma das melhores leituras de 2014. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa, só de ler sua resenha eu já experimentei sensações diversas, ela me despertou para ler e descobrir tudo que envolve Palito, gostei de saber de tudo que a história desperta em nós e de como podemos refletir sobre tudo o que acontece.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiee, tudo bem?

    Esse livro parece ser bem tocante. O tema é forte e polêmico, sempre sou bem sensível quanto às leituras que envolvam bullying. Já tem tempos que tenho interesse em ler o livro. Espero conseguir em breve

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu leria esse livro só pela sinopse pois só isso já foi capaz de mexer comigo. Sua resenha está de uma sensibilidade incrível e me deixou ansiosa para conhecer mais sobre essa história. Já estou anotando a dica!

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  13. Olá... tudo bem??
    Eu gosto muito dessa capa... sempre que vejo algo do livro, penso, preciso ler... mas sempre vou deixando para depois... sua resenha foi bem inspiradora... me revelou que preciso ler... ultimamente alguns livros dessa temática tem chamado a minha atenção e eu gostei de saber um pouco do enredo desta... xero!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...